quinta-feira, 22 de abril de 2010

Minha cidade não morreu


Ontem Brasília ganhou um cortejo fúnebre, pra seguir a sua suposta morte. Achei estranho, porque até onde sei, minha cidade não morreu. Provavelmente é algum engano, erro médico, sei lá. Vai ver é catalepsia. Só sei que minha cidade tá bem viva, na certa quem a acreditou falecida não entende muito bem o que faz Brasília o lugar que é.

Aliás, devo dizer que me incomoda um pouquinho ver gente de fora criticar tão acidamente o DF. Dá um certo desconforto ouvir tanta reclamação sobre a política, vinda de gente que nem sequer vota aqui. Tudo bem, sei que estou errado, mas fica aí meu comentário ranzinza.

Mas voltando ao assunto, quem diz que enterrou Brasília deve conhecer a cidade através do Jornal Nacional. É, nossos políticos de fato andam merecendo que se instale uma guilhotina na praça dos três poderes, e nossas instituições realmente parecem à beira do colapso, mas Brasília é muito mais que políticos e instituições. Sim, pode parecer surpresa, mas acredite.

Ela foi mal-tratada, desprezada e violentada, mas continua aí, sendo um sonho, um eterno projeto (por que não dizer uma esperança?) como sempre foi. E é por isso que enquanto alguns choraram sua morte, eu festejei seu aniversário. Porque eu ainda acredito nessa cidade; que é a mais linda do mundo porque é minha casa.

7 comentários:

Lecram disse...

Bom post! O que me incomoda são as críticas que vem de dentro. No dia do aniversário o que eu ouvi e li de besteira da galera reclamando de tudo. Essa cidade é linda.

Quem reclama da desorganização não sabe o que é viver fora daqui.É preciso sair um pouco de vez e nunca pra ter saudade de casa.

Comentador Fiel disse...

Acho que é difícil pros que vem de fora entender o que é Brasília. Ela não é perfeita, mas o povo confude as coisas as vezes.

Brasília tem um Sus de nível muito acima dos demais estados, sendo que diariamente vejo gente sendo atendida aqui de todos os lugares do Brasil.

Brasília tem um trânsito menos caótico do que deveria ter, por causa do planejamento e de uma engenharia de tráfico que é digna de elogios de vez em quando.

Brasília é calma, bar aqui fecha cedo, você raramente vê bagunça na rua, pancadaria e coisa e tal. Nós ficamos chocados toda vez que ocorre um assassinato dentro da pequena Brasília, enquanto em outros lugares é só questão de quantos.

Mas sacomé né? Tem que criticar alguma coisa.

Poeta Idealista disse...

Ah, eu também amo Brasília! Não nasci aqui, mas me identifico muito com a cidade! É muito organizada, não é violenta, e eu gosto particulamente do céu, porque com a arquitetura baixa, nós temos uma visão espetacular! Defeitos existem em qualquer lugar, mas eu ainda acho que para morar "lugar melhor não há" =]

Ilana Kenne disse...

Essa história de funeral de Brasílai foi a maior palhaçada que eu ouvi nos últimso tempos. Sério, que babaquice.

RamX disse...

Brasilia é perfeita! FATO!

Vi um documentario da discoverychannel sobre o 50º Niver de brasilia. E la teve uma frase que explica MUITO o que é Brasília:

"Brasilia não é uma cidade corrupta, ela é apenas o palco da corrupção"

RamX disse...

teias de aranha por todo o lado

Rábula disse...

Gosto muito daqui, pretendo morar aqui até morrer. Em Brasília se mora, para a praia se viaja.

Porém, não acho que tenhamos que nos nivelar por baixo. Temos problemas aqui, e não é vendo lugares piores que iremos achar soluções.

Não gosto do "Ah, mas comparado com os outros..."

Em suma, nada de extremos. Continuamos tendo coisas lindas, mas vamos tentar resolver os problemas.