sexta-feira, 11 de julho de 2008

The kooks, violão e pizza de banana.

Música é uma das coisas que ainda só fazem parte da minha vida por pura insistência. Não tenho noção de ritmo, não identifico tons e no fim das contas não tenho grande sensibilidade crítica. Só que eu gosto muito de música, tanto de escutar quanto de fazer. Por fazer leia-se tentar tocar no violão. E cada época pra mim é marcada por um estilo ou uma música. Eu diria até por um instrumento musical específico.

O que eu mais tenho sentido saudades nessas férias é do caminho que eu fazia pra chegar na Unb. Dirigir às 16h na L3 vazia... ouvindo the kooks! O que eu gosto nessa banda, é que as música são super tranquilas. Sabe, aquela coisa assim, "cuca-fresca"? Eu estou cansado de rigor, de seriedade demais, de sisudez... eu quero agora ficar despreocupado, sorrir sem razão, manter a cabeça fria. Só sentindo o vento no meu rosto. Igual eu fazia naqueles dias de céu azul.
Não quero mais saber daquela busca cega por perfeição formal. Da ânsia de colocar cada nota tocada no lugar certo. Já passou o tempo que minha vida corria ao som de guitarras pesadas, de solos elaborados e batidas fortes. Agora eu quero mais é sentar na sombra e tocar violão. Ah, como eu queria tocar pelo menos uma música tão bem que emocionasse as pessoas! Violão a gente toca pra se divertir, pra cantar com os amigos, pra fazer graça =P Isso sim é bom.


Um monte de coisas tem mudado. E isso não é tão ruim. Quebrar velhos hábitos, visitar lugares novos, superar paradigmas (frase que eu aprendi esse semestre). Isso tudo faz bem. Ontem foi meu aniversário, o primeiro (desde que me lembro), em que eu não fui na Primo Piato [10/07 - Dia da Pizza]. Mas fui em outra, muito boa. Aí entra a pizza de banana, citada no título. Na verdade ela não tem a menor importância no assunto. Só me deixou feliz, ter encontrado outra pizzaria legal. Não vou esquecer a antiga, que foi tão marcante no passado. Vou continuar sentindo aquela nostalgia quando passar na frente dela e ver a placa de "passo o ponto". Ou quando outro comércio abrir no lugar. Mas eu encontrei outro lugar legal. Espero que seja tudo sempre assim.

4 comentários:

Comentador Fiel disse...

fez festinha e nem me chamou né?

observe eu sofrer aqui.

Nanda disse...

Vai ser sempre assim =]
A vida é que nem Malhação: alguns atores saem, chegam novos, às vezes o protagonista vira coadjuvante... Os cenários tb mudam, para não cansar. A única diferença é que Malhação é meio fake e os atores costumam ser bem mais velhos que seus personagens... =D

Comentador Fiel disse...

"A única diferença é que Malhação é meio fake e os atores costumam ser bem mais velhos que seus personagens... =D"

Tipo Chaves Manja.

Apesar de tudo eu ainda te amo!

flaviodias3 disse...

nem chamou! deixa você joe. Minha vigança será maligna. Aguarde e verá. hahaha! =p
to afim de comer pizza....semana que vem quando eu tiver capital talez coma.
quejo!